quinta-feira, 17 de junho de 2010

Poema

| |

Eu quero sentir o balanço da rede que embala a vida.
De olhos fechados sentir que pra tudo há uma saída.
Quero subir no palco
e ser dona das minhas histórias.
Fazer do teatro da vida
o sucesso das minhas vitórias!
Eu quero as minhas asas sempre abertas em liberdade.
É nas alturas que voamos com mais glória e vontade.
Quero afrouxar a gravata que me impede de gritar!
É no grito que ecoa
o que minh'alma ousa expressar.
Quero olhar dentro dos olhos de quem me estender à mão.
Aprender que é perdoando que se ganha o perdão.

Quero aprender a cair pra poder me levantar! Saber suportar feridas
mas também saber curar!
E se acaso acontecer
ter espinhos em meu caminho, vou na pontinha dos pés em busca do meu destino!
Pois a vida é professora e tudo tem razão de ser.
Ou se pragueja todas as quedas ou com elas se aprende a viver!
.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fiquei muito feliz em receber sua visita :)
Volte mais vezes ah! e não esqueça de deixar o link do seu blog .
Pois só assim poderei ter a honra de conhecer seu cantinho e retribuir a sua gentileza .Obrigado ...Desejando um lindo dia pra você .

Volte sempre!

Inscreva-se